O júri do concurso de fotografia Portugal/Marrocos: Olhares cruzados está a apreciar os trabalhos recebidos. A decisão está iminente. Enquanto aguardamos, apresentamos os três membros do júri, que gentilmente aceitaram o convite da Embaixada de Portugal e do Camões I.P.

Rui Pires é fotógrafo desde os anos 80 e dedica-se a fotografar o património histórico de Portugal no mundo e à Antropologia cultural e visual. Com curso de fotografia profissional pelo New York Institute of Photography e diplomado pela Photographic Society of America em Análise de Imagem e Avaliação, é júri oficial desta associação internacional para concursos de fotografia. Tem viajado por Marrocos desde 1990, onde já fez seis exposições com as suas fotografias.

Hamza Sayah é operador de câmara, atualmente a trabalhar na Société nationale de radiodiffusion et de télévision de Marrocos (SNRT). Desde 2016 que tem feito reportagens e documentários com a SNRT por todo o mundo. Começou a trabalhar em cinema em 2014 e colaborou com numerosos realizadores em longas e curta-metragens, além de filmes para televisão. Meticuloso, tem como regra sagrada assegurar a excelência dos seus trabalhos.  

Neuza Polido é agente cultural no Camões I.P., o instituto público português sob a alçada do Ministério dos Negócios Estrangeiros responsável pela promoção da língua e cultura portuguesa no estrangeiro. Tem um Master em História de Arte da Universidade Nova de Lisboa e estudou Património e Projetos Culturais no ISCTE (Instituto Universitário de Lisboa).

  • Partilhe