Mais notícias Notícias

Após vários anos de interrupção, foi reposto o leitorado português em Marrocos, na Universidade Maomé V por decisão de 19 de setembro publicada em Diário da República.

Para ocupar o posto de leitor foi nomeado, por concurso público, o Dr. Luís Graça, que ocupava já o posto de docente de português na referida Universidade.

A reabertura deste leitorado potenciará o ensino da língua portuguesa em Marrocos e a ação cultural de Portugal no Reino, designadamente através do Centro Cultural de Portugal em Marrocos, situado nas instalações da chancelaria da embaixada portuguesa (http://camoesrabat.com/).

 

prof luis graca

Marrocos  atualizou a 1 de outubro as condições de entrada no seu território. A partir dessa data, deixou de ser necessário apresentar certificado de vacinação ou teste PCR negativo para entrar em Marrocos. 

Todos os passageiros devem, no entanto, apresentar a Ficha Sanitária do Passageiro à chegada a um aeroporto marroquino. Esta ficha está disponível na página do Office National des Aéroports: https://www.onda.ma/Je-suis-Passager/Guide-du-voyageur/Fiche-sanitaire 

 

 Portugal deixou de aplicar qualquer medida restritiva em matéria sanitária à entrada de passageiros em território nacional. Deixou, assim, de ser necessário apresentar certificado de vacinação ou teste PCR negativo para entrar em Portugal. 

 

green pass italia

O Centro Cultural Português em Rabat propõe cursos de língua portuguesa, nos niveis iniciado e básico. Sob a forma de módulos trimestrais de 45 horas, com horários fléxiveis após o horário de trabalho e também aos sábados. 

As inscrições estão abertas e os cursos começam no mês de outubro. 

Para mais informações contacte-nos no 0537639141 @camoes_rabat. 

 

poster cursos portugues 2022

 

O Acordo relativo ao Emprego e à Estada dos Trabalhadores Marroquinos em Portugal, assinado em 12 de janeiro, não se encontra ainda em vigor. No entanto, é possível recrutar cidadãos marroquinos para trabalhar em Portugal, respeitando a legislação atualmente em vigor.

 Os trabalhadores marroquinos com quem as empresas portuguesas tenham celebrado contratos de trabalho podem apresentar os seus pedidos de visto na VFS Global. Todos os procedimentos para apresentação dos pedidos, incluindo a lista de documentos necessários, encontram-se no site da VFS Global.

 O Acordo subscrito pelos chefes da diplomacia dos dois países define os procedimentos para a admissão de trabalhadores marroquinos em território nacional a fim de exercerem em Portugal uma atividade profissional assalariada, criando um quadro jurídico seguro em matéria de recrutamento, contratação e admissão de cidadãos marroquinos, em estrita conformidade com o ordenamento jurídico nacional e em igualdade de direitos e obrigações com os trabalhadores portugueses.

A assinatura deste  Acordo resultou de um esforço de coordenação multissetorial em ambos os países e reveste grande alcance político ao permitir o aprofundamento da histórica e profícua relação bilateral, através da promoção e proteção da dignidade e dos direitos humanos dos trabalhadores migrantes.

ass horizontal

bourita

Contactos

5, Rue Thami Lamdouar,
Souissi - Rabat 10 170
Maroc

212 (0) 5377 564 46
212 (0) 5377 564 47
212 (0) 5377 564 49
rabat@mne.pt
sconsular.rabat@mne.pt (Secção Consular)
Facebook Youtube Instagram 

Mais informação

Ligações úteis

emergenciaconsular

eportugal

c a rgb

logo aicep

turismport